sábado, 8 de maio de 2010

1982 - Show: Festa do Interior

Show "Festa do Interior" na Bahia, em 1982, registrado pela TV Itapoan.


Repertório / Set List:

01 - Meu Nome é Gal (Erasmo Carlos - Roberto Carlos)
02 - Canta Brasil (David Nasser - Alcir Pires Vermelho)
03 - Meu Bem, Meu Mal (Caetano Veloso)
04 - Açai (Djavan)
05 - O Bater do Tambor (Caetano Veloso)
06 - Vassourinha Elétrica (Moraes Moreira)
07 - Folhetim (Chico Buarque)

Agradecimentos especiais
Vídeos e textos por Jeocaz Lee-Meddi


01 - MEU NOME É GAL 

"Meu Nome É Gal" (Erasmo Carlos - Roberto Carlos), foi a composição mais perfeita da dupla Roberto e Erasmo Carlos, feita para alguém. Nunca uma música revelou tanto uma personalidade musical e encaixou-se no seu estilo em todas as fases da carreira. Nunca é demais ver Gal Costa duelar com a guitarra elétrica, nos seus agudos infinitos, gravados na memória de todos nós.



02 - CANTA BRASIL 

Canta Brasil (David Nasser - Alcir Pires Vermelho), samba-exaltação lançado em 1941, em resposta a Aquarela do Brasil, de Ary Barroso. Exaltava o Brasil, promovendo um estilo de propaganda ao Estado Novo, que Getúlio Vargas e o seu governo ditatorial costumava incentivar. A interpretação da canção na voz de Gal Costa perde o seu patriotismo exacerbado e transforma-se numa grande música dançante, deixando os espectros ufanistas do Estado repressivo, dando-lhe uma brasilidade brejeira e desvinculada. Gal Costa transforma a canção em uma adorável ode aos brasileiros.



03 - MEU BEM, MEU MAL

"Meu Bem, Meu Mal" (Caetano Veloso), ao ser lançada no álbum "Fantasia", em 1981, virou tema de novela e foi um dos maiores sucessos de 1982. Há muitos registros da canção em diversas fases da carreira de Gal Costa, mas as primeiras apresentações, os arranjos originais, são raros.



04 - AÇAÍ

"Açaí" (Djavan), ao lado de "Faltando Um Pedaço", foram as primeiras gravações de Gal Costa de canções de Djavan. O cantor-compositor encontraria a voz exata para a leitura das suas composições, fazendo-as mais belas. "Açaí" saindo quentinho, direto do álbum "Fantasia" para os palcos, com os arranjos originais do disco.



05 - O BATER DO TAMBOR

A partir do show "Gal Tropical", Gal Costa tornou-se voz obrigatória nos salões carnavalescos. "O Bater do Tambor" (Caetano Veloso), é um clássico do carnaval galcostiano. Imagens intercaladas dos trios elétricos sotoropolitanos, mestres do carnaval baiano, e as ruas da Bahia explodindo ao embalo dos foliões. Há poucos registros em vídeos da cantora interpretando esta marcha carnavalesca.



06 - VASSOURINHA ELÉTRICA (Falta subir este vídeo)

07 - FOLHETIM (Falta subir este vídeo)

2 comentários:

Marcia Freddy. disse...

Olá "minina" Cleicia! - Como vai você?

Faz muito tempo que não comento nos blogs e faz muito tempo desde que recebi os Dvd's que estava para passar por aqui e sempre não passava! - XD!

Bom, aproveitando esse lembrete quero dizer o quanto AMEI OS DVD'S!!! - REALMENTE FIQUEI ENCANTADA PELOS MESMOS!! - Sinto-me HONRADA por ter tido essa grande oportunidade de conhecer momentos "clássicos" de Gal.

Extremo bom gosto de ambas!

Muito obrigada mesmo!! ADOREI!!

Também quero aproveitar e avisá-la que postei um ícone do blog na lista de destaque do Foco Analitico!

Não é atoa que as pessoas ficam admiradas com esse grande trabalho - inclusive o pessoal da facul a qual sempre estou divulgando seu blog e outros com conteúdos culturais!


Bjs!!!

Bom final de semana!!

PS: Espero que os sites que passei estejam te ajudando de alguma forma! =D

Cleicia disse...

Oi Marcia, demorou mas chegaram, que bom! =D

Eu fiquei muito feliz com esta parceria dos dois blogs. Alegro-me ainda mais em saber que através desta parceria, seus amigos tbm estejam curtindo o blog. Muito obrigada pela divulgação que vc nos proporciona, nem sabes o quanto ajuda.

Um beijo,
Cleicia.